quarta-feira, 16 de março de 2016

Ilha Graciosa recebe sistema energético pioneiro no mundo

A ilha Graciosa vai receber o primeiro sistema mundial de energia híbrida. 

O projeto pioneiro vai permitir à ilha tornar-se praticamente independente de energias não renováveis, eliminando quase por completo o recurso a combustíveis fôsseis. 

Este projeto, da responsabilidade do grupo dst, resulta de um investimento de 24 milhões de euros e está previsto que 65% da energia gerada seja proveniente de fontes renováveis. A gestão da energia será feita por um software, desenvolvido pela empresa alemã Younicos, que vai permitir prescindir da central térmica convencional, suportado ainda por um sistema de baterias que possibilitará o fornecimento ininterrupto de energia, independentemente da sua proveniência. 

Este sistema irá definir novos padrões nesta área para as ilhas em todo o mundo e permitirá a redução de gases responsáveis pelo efeito de estufa, resultantes da queima de combustíveis fósseis, com claras vantagens em termos ambientais e de segurança - refere nota de imprensa do grupo dst. Terá ainda um impacto positivo na vida das populações e na economia, uma vez que irá reduzir a importação de combustíveis. 

James McDougall, CEO da Younicos, afirmou que, juntamente com a dst, pretende-se “transformar a Graciosa num projeto global de substituição do dispendioso combustível diesel por uma geração de energia renovável cada vez mais barata. Há um enorme potencial em Portugal”, realçou.


Fonte: Açoriano Oriental

Sem comentários:

Publicar um comentário